24.nov
2016
são paulo / das 9hs às 19hs

um encontro voltado à discussão de caminhos inovadores para a gestão e conservação dos parques brasileiros.

Único fórum no Brasil dedicado exclusivamente à discussão sobre o futuro da gestão dos nossos parques

O Semeia acredita que os parques devem ser fonte de riqueza para o Brasil, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico, além de colaborar de forma mais efetiva para a conservação da biodiversidade. Para que isso seja possível, buscamos pautar nossa atuação no mapeamento e compartilhamento de melhores práticas e aprendizados gerados por experiências exitosas, locais e internacionais. O evento Parques do Brasil é o espaço de convergência dessas ideias e casos de sucesso.








Programação

Especialistas de renome internacional compartilham melhores práticas e aprendizados gerados por experiências exitosas, locais e internacionais.

O evento acontecerá no
Lounge da Bienal, no Parque do Ibirapuera

09h00

abertura e boas-vindas

Pedro Passos
Conselho Deliberativo, Semeia

Fernando Pieroni
Diretor Executivo, Semeia

09h15

o futuro das parcerias na gestão de parques

José Sarney Filho
Ministro do Meio Ambiente

10h00

avanços e desafios na perspectiva da gestão pública

Ricardo Soavinski
Presidente, ICMBio

Ricardo Salles
Secretário de Meio Ambiente do Estado de São Paulo

11h00

coffe-break

11h20

participação privada na gestão de parques: potencial ainda pouco explorado

Bruno Marques
Diretor-Presidente, Cataratas do Iguaçu S.A.

Marcos Siqueira
Sócio, Radar PPP

Diego Scofano
Diretor Técnico, Cia. Caminho Aéreo Pão de Açúcar

12h40

parcerias e uso público pela perspectiva dos usuários

Pedro de Castro da Cunha e Menezes
Coordenador-Geral de Uso Público e Negócios, ICMBio

Douglas Simões
Diretor de Articulações, Abeta

13h40

almoço

15h00

iniciativas recentes e o desenvolvimento de parcerias inovadoras

Marco Aurélio Barcelos
Diretor de Assuntos Jurídicos e Regulatórios, Programa de Parcerias e Investimentos do Governo Federal

Fábio André Faraco
Gestor, Parque Nacional do Pau-Brasil

Lucilene Prado (moderadora)
Conselho Deliberativo, Semeia

Luiz Paulo Pinto
Consultor, Fundação SOS Mata Atlântica

16h20

parques e o futuro: a importância das áreas verdes para a sociedade

Peter Kronstom
Diretor, Copenhagen Institute for Future Studies, Latin America

17h20

encerramento

Guilherme Passos
Conselho Deliberativo, Semeia

Fernando Pieroni
Diretor Executivo, Semeia

17h30

coquetel / networking

participantes

Douglas Simões
Diretor de Articulação, ABETA

Guia e empresário de turismo de aventura, Douglas é ex-presidente da ABETA e atual diretor de articulação. Formado em Ciência da Computação pela PUC-SP e pós-graduado em Administração de Empresas pela FGV/SP, em 1995 largou a carreira recém-iniciada na IBM Brasil para se tornar sócio da Venturas e Aventuras, uma das pioneiras em turismo de natureza e aventura no Brasil.

Fábio Faraco
Chefe do Parque Nacional do Pau-Brasil

Fábio liderou o projeto que abriu à visitação o Parque Nacional do Pau-Brasil, onde atua como gestor desde 2012. Foi chefe também do Parque Nacional da Serra do Itajaí e analista ambiental do IBAMA. Possui graduação em Ciências Biológicas e mestrado em Biologia Animal pela UFRGS.

Fernando Pieroni
Diretor-Executivo, Instituto Semeia

Antes de juntar-se ao Semeia, em julho de 2016, Fernando foi diretor da São Paulo Negócios e da Estruturadora Brasileira de Projetos. Engenheiro mecânico, é mestre em economia e política energética pela USP e especialista em infraestrutura e parcerias público-privadas pela Universidade de Harvard.

Guilherme Passos
Conselho Deliberativo, Instituto Semeia

Formado em Engenharia de Produção pela USP com MBA pela London Business School, Guilherme é gestor da Anima Investimentos, escritório de gestão patrimonial, e conselheiro do Semeia. Anteriormente trabalhou na Pragma Patrimônio e na Bain & Company.

Marcos Siqueira Moraes
Sócio, Radar PPP

Mestre em Política Pública pela Universidade de Sheffield, graduado em Direito pela UFMG e em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro, Marcos possui trajetória de mais de uma década na estruturação de projetos de PPP. Foi o diretor do Programa de PPP de Minas Gerais, impulsionando-o para se tornar um dos mais diversos e bem-sucedidos programas do Brasil e da América Latina.

Luiz Paulo Pinto
Consultor, Fundação SOS Mata Atlântica

Mestre em ecologia, conservação e manejo de vida silvestre pela UFMG, Luiz Paulo possui mais de 25 anos de experiência na formação de parcerias multissetoriais para a conservação da biodiversidade. Contribuiu para a criação de parques como Serra das Lontras, Serra do Conduru e Três Picos. Atualmente participa da avaliação da rede de unidades de conservação municipais da Mata Atlântica.

Marco Aurélio de Barcelos
Diretor, Programa de Parcerias e Investimentos do Governo Federal

Foi diretor jurídico e de parcerias da São Paulo Negócios, tendo participado da estruturação das primeiras PPPs do Brasil, quando atuou como diretor da Unidade PPP de Minas Gerais. Foi assessor de ministro do STJ. É professor do MBA em Regulação de Mercados da FIPE e da pós-graduação em Direito Administrativo do Instituto Brasiliense de Direito Público - IDP.

Pedro de Castro da Cunha e Menezes
Diretor de Uso Público, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio)

Graduado em Jornalismo pela PUC-RJ, Pedro é diplomata de carreira, tendo se formado no Instituto Rio Branco em 1995. Foi diretor-executivo da Gestão Compartilhada Prefeitura do Rio de Janeiro/IBAMA para o Parque Nacional da Tijuca (1999-2000), e diretor de Criação e Manejo de Unidades de Conservação do ICMBio (2012-2013).

Peter Kronstrøm
Diretor, Copenhagen Institute for Futures Studies Latin America

Membro do Conselho Consultivo do Consulado Dinamarquês e do Centro de Inovação Dinamarquês em São Paulo, Peter tem vasta experiência em Gestão de Transição, Comportamento do Consumidor, Desenvolvimento de Negócios e Estudos Futuros Aplicados. Cidadão do mundo, atuou nessas áreas na Europa, Estados Unidos, Austrália e América do Sul.

Ricardo de Aquino Salles
Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo

Advogado formado pelo Mackenzie, com pós-graduação pelas Universidades de Coimbra e Lisboa, Ricardo foi secretário particular do governador Geraldo Alckmin. Ocupou a vice-presidência da Câmara Oficial Espanhola de Comércio no Brasil, além de ter servido como conselheiro e vice-presidente do Comitê de Desenvolvimento Sustentável da CCILB.

Ricardo José Soavinski
Presidente, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio)

Servidor de carreira, Soavinski é analista ambiental do ICMBio e integrou a direção do Instituto logo após a sua fundação, em 2007, como diretor de Criação e Manejo de Unidades de Conservação (2008 a 2012). Antes de assumir a presidência do ICMBIO, foi secretário de Recursos Hídricos do Ministério do Meio Ambiente (MMA).

José Sarney Filho
Ministro do Meio Ambiente

Com 38 anos de vida pública, Sarney Filho esteve à frente do Miistério do Meio Ambiente entre 1999 e 2002, quando revitalizou o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), criou unidades de conservação e regulamentou a Lei de Crimes Ambientais. Ganhou a aprovação de ambientalistas quando entregou, no Congresso, a reforma do Código Florestal aprovada pelo Conama.

Galeria











Nossas inscrições estão encerradas!

Estamos muito felizes com o grande interesse de todos em discutir o futuro da gestão dos nossos parques.

Acompanhe tudo pelas nossas redes

Realização Instituto SEMEIA

Site e design AtivGreen